Representantes da Fecomércio-DF recebem senador Izalci Lucas e reforçam importância do Sesc e Senac

O senador da República pelo Distrito Federal, Izalci Lucas (PSDB), esteve na sede da Fecomércio-DF, nesta sexta-feira (12), para um café da manhã com o presidente da entidade, Francisco Maia, com o segundo vice-presidente Antonio Tadeu Perón e com o representante do Sesc-DF, Marco Túlio Chaparro. Eles conversaram sobre os relevantes serviços prestados por entidades como o Sesc e o Senac para a população brasileira, em áreas como saúde, educação, cultura e qualificação profissional. O chefe de gabinete da senadora Leila Barros, Paulo Domingos, também participou da reunião.
Izalci classificou as ações do Sistema S como muito importantes para o Brasil. “Essas entidades oferecem a melhor formação profissional do País. Não podemos trabalhar no sentido de inviabilizar isso. Se alguma coisa funciona na capacitação profissional no Brasil, ela está no Sistema S, com toda a certeza”, avaliou o parlamentar. Sobre possíveis cortes nos repasses para essas instituições, que têm sido anunciados pelo governo, ele ressaltou a necessidade de discutir a matéria como um todo antes de se fazer qualquer alteração.
O presidente da Federação do Comércio, Francisco Maia, destacou que é necessário estreitar os laços com os parlamentares para mostrar a força do Sistema S. “Encontros como este ajudam a esclarecer qual é o papel dessas entidades, reforçando nossa atuação”, disse Francisco Maia. O segundo vice-presidente da Fecomércio, Antonio Tadeu Perón, afirmou que a reunião foi importante para mostrar ao senador o tipo de trabalho que é realizado pelo Sesc e Senac. “Hoje, fazemos muito e, infelizmente, conseguimos transmitir pouco daquilo que é feito. Para se ter uma ideia 70% dos cursos do Senac são gratuitos”, informou. O representante do Sesc-DF, Marco Túlio Chaparro, também defendeu as ações da instituição. “O Sesc é a entidade que mais promove shows em Brasília. Só no ano passado foram mais de quatro mil, sem contar as salas de teatro e o programa Mesa Brasil, que tem uma representatividade muito grande”, informou. “O Mesa Brasil distribui alimentos e oferece uma equipe especializada de nutricionistas para instituições sem fins lucrativos, evitando o desperdício. Além disso, o Sesc faz um trabalho em várias áreas, temos muito o que crescer e muito o que mostrar”, completou Chaparro.

Também participaram da reunião o assessor de relações institucionais da Fecomércio-DF, Athayde Passos da hora e as assessoras da Confederação Nacional do Comércio, Nara Vieira e Cláudia Brilhante.

Entre em contato.