Federação do Comércio estuda alternativas para aquecer economia local

Priorizar o comércio local para fomentar o setor produtivo, com geração de emprego, renda e tributos, é o objetivo da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal. O vice-presidente administrativo da entidade, José Aparecido da Costa Freire, e o presidente do Sindicato dos Supermercados do Distrito Federal (Sinsduper-DF), Gilmar Mendes, se reuniram nesta terça-feira (11), na sede da Federação, com Vitor Corrêa, chefe de gabinete da deputada distrital Jaqueline Silva, para discutir a elaboração de um projeto para aquecer a economia local. O objetivo é que as compras públicas do governo sejam feitas junto aos comércios locais, tornando as empresas brasilienses as distribuidoras do GDF.

Estão sendo realizadas reuniões periódicas na sede da Fecomércio para a elaboração do projeto de lei. José Aparecido explica que atualmente os beneficiários do Programa Bolsa-Família recebem um valor em dinheiro destinado a alimentação e medicamentos. “A nossa ideia é fazer algo parecido com o que já existe com o Cartão Material Escolar, onde é depositado um valor no cartão e o beneficiário só pode comprar nas lojas credenciadas. O intuito é tornar as empresas brasilienses as distribuidoras do GDF”, ressalta o vice-presidente administrativo da Federação.

Entre em contato.