fbpx

Lideranças do comércio participam do primeiro Encontro Sindical Fecomércio-DF e CNC

Foi realizado nesta sexta-feira (26), em Brasília, o 1º Encontro Sindical Fecomércio-DF e CNC. O evento teve ampla adesão dos sindicatos patronais da base da Federação do Comércio, que lotaram o auditório da instituição, com seus representantes para acompanhar assuntos pertinentes ao sistema sindical brasiliense e nacional. Foram debatidos temas como reforma trabalhista e suas implicações práticas nas convenções coletivas, e os benefícios do programa Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs), da Confederação Nacional do Comércio. O presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia, abriu o encontro e falou da importância da reinvenção e modernização das entidades representativas.

Francisco Maia ressaltou a necessidade dos sindicatos patronais se aproximarem ainda mais dos empresários de seus respectivos segmentos. Desde o início, a atual gestão da Fecomércio vem trabalhando para priorizar os sindicatos, buscando fortalecimento da base e união do setor. “Trouxemos os sindicatos de volta para Fecomércio, fazendo uma agenda diária de trabalho. É necessário buscar associados, aproximação com o empresário. Nós estamos criando essa estrutura no sentido de ajudar todos os sindicatos da base”, disse Francisco Maia. Além disso, o presidente agradeceu o apoio da CNC e destacou que esse foi apenas o primeiro de muitos encontros para fortalecer o comércio.

O assessor da Divisão Sindical da CNC, Mateus Dornelas, explicou aos presidentes de sindicatos a importância do programa Sistema de Excelência em Gestão Sindical (Segs), que busca incentivar o desenvolvimento da excelência na gestão e atuação dos sindicatos. Segundo Mateus, o programa funciona de forma prática e maximiza a rotina das entidades. “Trabalhamos com eixos, entre eles: relação sindical, atuação legislativa, comunicação, representação, produtos e serviços. Está dentro do contexto dos sindicatos. Todo o programa foi concebido dentro desses eixos. Todos os processos que estão ali fazem parte do dia a dia dos sindicatos. É um processo de evolução e inovação para gerar resultado”, explicou.

Já o advogado da CNC, Roberto Lopes, destacou que a reforma trabalhista trouxe um instrumento de flexibilização das questões, no sentido de propiciar um ambiente saudável. Dentro desse contexto, o diálogo se tornou muito importante, já que as novas regras trouxeram uma diminuição da tutela estatal. “Certos direitos podem ser acordados diretamente, e os demais por meio da convenção coletiva com participação dos sindicatos. A negociação coletiva é uma forma de superação de conflitos que desempenha uma função social de grande relevância”, disse. “A hora extra pode ser decidida por convenção coletiva ou acordo coletivo e por acordo individual, assim como o banco de horas para compensação em até seis meses. Já o parcelamento de férias, em até três vezes, pode ser feito apenas por acordo individual, como também o horário de intervalo de descanso para trabalhadora lactante”, concluiu o advogado Roberto Lopes.

O presidente do Sindicato das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança do Distrito Federal (Siese-DF), Augustus Bruno Von Sperling, acompanhou o encontro e destacou a quantidade de informações úteis aos sindicatos patronais. “Percebo que os sindicatos estão mais perto das ações da Fecomércio. A gente acaba se sentindo parte do processo e temos mais convicção para poder ajudar”, disse. “Estou preocupado em como atrair o associado e acredito que o sistema de excelência em gestão sindical é um caminho interessante. Vou tentar inserir o sindicato nessa realidade”, completou.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.