fbpx

Desenvolvimento

por acm

O momento é oportuno para transformar o Banco de Brasília (BRB) em uma verdadeira instituição financeira de fomento regional. Com a recente aprovação da Medida Provisória (581/12) que regulamenta o Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO), o BRB se apresenta como o mais preparado para atuar como operador do crédito que será disponibilizado para fortalecer a região. Trata-se de um banco oficial público, sólido e com capilaridade, características que preenchem os pré-requisitos necessários para honrar o compromisso.

Estão previstos para o FDCO, já em 2013, recursos da ordem de R$ 1,4 bilhão para serem investidos em infraestrutura e logística. É importante ressaltar que a criação de uma nova instituição somente para gerir esse fundo traria mais gastos para o Estado brasileiro, além de atrasar a liberação da verba, sujeita à instalação e entrada em funcionamento de um novo agente financeiro. A Medida Provisória aprovada estabelece que o gestor do FDCO deve ser um banco oficial, mas não necessariamente federal, o que permite a inclusão do BRB como operador do crédito. Além disso, o Banco de Brasília leva em sua marca o nome da capital do Brasil e o sotaque do Centro-Oeste, e tudo isso agrega um simbolismo ainda maior para instituição.

Diversas lideranças políticas e autoridades da cidade, como o senador Rodrigo Rollemberg, o deputado federal Luiz Pitiman e o secretário de Fazenda Adonias dos Reis Santiago, têm se manifestado favoravelmente ao fortalecimento do BRB. É chegada a hora de transformar o Banco de Brasília num banco do Centro-Oeste. Voltado para apoiar o desenvolvimento econômico e a inclusão social em uma das regiões mais dinâmicas do País, detentora de uma agropecuária forte, de uma indústria crescente e de um setor de comércio e serviços pujante. Esse pode ser um novo marco no processo de interiorização do progresso brasileiro.

Adelmir Santana – Presidente da Fecomercio-DF, entidade que administra o Sesc, o Senac e o Instituto Fecomércio no Distrito Federal.

Brasília, 11 de março de 2013

Publicado originalmente no Jornal de Brasília 11/03/2013

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.