fbpx

Confiança do empresário registra primeira queda em 2020

O fechamento do comércio causado pela crise do novo coronavírus afetou o otimismo do empresário da capital do País. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do DF (Icec), divulgado pela Fecomércio, teve sua primeira queda em 2020 no mês de abril. Em comparação com março, a confiança do empreendedor brasiliense caiu 2 pontos, fixando-se em 131,6. Porém, em relação ao mesmo período do ano passado o índice ainda registra um acréscimo de 0,9 ponto. Apesar da queda, valores acima de 100 indicam otimismo por parte dos empreendedores.

O presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia, explica que a queda no otimismo já era esperada por conta do fechamento das lojas no DF. Francisco Maia destaca que durante a pandemia a Fecomércio criou um canal constante de diálogo com o Executivo, visando a amenizar os prejuízos, além de buscar alternativas de crédito. O Sesc e o Senac também estão tendo um papel fundamental na questão social: com doações de alimentos, mascarás e ofertas de cursos online.

“A Confederação Nacional do Comércio (CNC) informou que o varejo brasileiro perdeu R$ 86,4 bilhões em apenas cinco semanas – de 15 de março a 18 de abril. No DF, não é diferente. Bares e restaurantes, assim como as academias e hotéis, perderam seu faturamento e tiveram que tomar algumas medidas para continuar em funcionamento. Outros, tiveram que fechar as portas”, informa o presidente da Fecomércio-DF. “A situação é grave. Estamos trabalhando junto com o GDF para que a abertura seja responsável e gradual, para que a economia na cidade possa voltar a girar”, conclui Francisco Maia.

O estudo mostra ainda que 12% dos empresários da cidade afirmam que as condições atuais da economia do País melhoraram muito; 52,4% disseram que melhoraram pouco; 19,6% responderam que pioraram pouco e 15,9% declararam que as condições pioraram pouco. Sobre a expectativa de aumento no quadro de funcionários, 50,9% afirmaram que aumentarão pouco; 25,2 % vão reduzir pouco e 11% reduzir muito. Em relação a aumentar muito o quadro, 12,8% disseram que pretendem realizar essa opção nos próximos meses. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) detecta as tendências do setor, do ponto de vista do empresário. A amostra é composta por aproximadamente 6 mil empresas e os índices, apurados mensalmente, apresentam dispersões que variam de zero a 200 pontos.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.