Redes sociais :
Nível de endividamento apresenta queda

O percentual de famílias que possui dívidas com cheques pré-datados, cartões de crédito, carnês de loja, empréstimo pessoal, prestações de carro e seguros recuou pelo quarto mês consecutivo, passando de 62,5% em agosto para 61,6% em setembro de 2011.

É o que mostra a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), referente a setembro, divulgada ontem (27) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Apesar da tendência recente de queda, esse indicador continua superior ao mesmo período de 2010, quando 59,2% das famílias havia declarado possuir dívidas.

“Algumas medidas do Banco Central, como por exemplo o aumento da taxa de juros, deu um efeito prolongado sobre crédito”, destacou a economista da CNC, Marianne Hanson.

O percentual de famílias com contas ou dívidas em atraso ficou praticamente estável na comparação mensal, alcançando 24,3% em setembro, ante 24,4% do mês anterior.

Isso sem superar os 24,7% observados em setembro de 2010.

Para os próximos meses, é esperada uma alta da inadimplência, compatível com a desaceleração da atividade econômica.Foto: CNC

Deixe um comentário

Pular para o conteúdo