fbpx

Prazo para novo ponto eletrônico foi adiado

por acm

O prazo para que as empresas se adaptem ao novo ponto eletrônico foi adiado.

A lei para instalação que entrava em vigência no dia primeiro de março agora se estende até o dia primeiro de setembro.

A ampliação do prazo foi publicada pelo Ministério do Trabalho.

A fiscalização começa a valer somente a partir da obrigatoriedade da instalação, mas multas só serão aplicadas de 30 a 90 dias depois, para que as empresas tenham tempo de se adequar ao novo sistema.

Segundo a Câmara Nacional de Dirigentes Lojistas (CDNL), a implantação do novo ponto eletrônico não terá eficácia para prevenção de fraudes, mas pode gerar desconforto aos trabalhadores brasilienses.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.