fbpx

Seminário realizado em Brasília debateu a nova era dos eventos e negócios

Se por um lado o setor de eventos teve o maior número de cancelamentos de todos os tempos, por outro foi hora de se reinventar. Com este pensamento, a Câmara de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio-DF, juntamente com o Sebrae-DF, o Sindieventos e o Brasília Convention Bureau, promoveu nesta quinta-feira (25), o seminário Eventos Presenciais: no Caminho do Recomeço. Casos de sucesso e especialistas motivaram o público e mostraram os ajustes necessários para viabilizar a realização dos encontros presenciais. O seminário ocorreu no Centro de Convenções e Eventos Brasil 21.

O presidente do Sindieventos, Luís Otávio Rocha Neves, discursou na abertura e ressaltou que o setor tem buscado alternativas para a retomada na capital federal. “Agradecemos o envolvimento de todas as entidades nesse seminário e que a gente consiga fazer essa retomada. É importante ver como esses eventos estão retomando em todo o País. Em vários estados, em São Paulo, Santa Catarina. É um novo modelo. Espero que ano que vem a gente consiga fazer os eventos presenciais de uma forma melhor”, disse.

O presidente da Câmara de Economia Criativa da Fecomércio e sócio da Capital Week Entretenimento, Pedro Affonso Franco, esteve presente no seminário e falou sobre a responsabilidade do setor de se reinventar. “A gente não imaginou que estaríamos impedidos de realizar nossa profissão. O ano de 2020 prometia ser o melhor ano de eventos em todas as áreas. A pandemia é um convite a pensar fora da caixa, de se reinventar”, disse Pedro. Ele destacou os cuidados que estão sendo tomados no festival Capital Moto Week. “Vimos maneiras de como se reinventar. O Moto Week em 2019 recebeu 700 mil pessoas ao longo dos seus dias. As pessoas moram no festival. Aí veio a reflexão de como podemos trazer essa experiência para o público. Estudamos muito. Especificamente no nosso evento temos picos de 80 mil pessoas. É uma responsabilidade muito grande”, disse Pedro.

A consultora de turismo de negócios Vaniza Schuler, mediou o debate e apresentou diversos casos que estão retomando no País. Segundo ela, existe um trabalho especial a ser feito entre três aspectos principais para um evento: promotor, fornecedor e organizador. “São pilares fundamentais e que precisam de rigidez. A recomendação para não retroceder é não relaxar nos protocolos de segurança. E a rigidez disso quem determina é o promotor de eventos. Não se pode perder o controle”, disse a consultora.

O Distrito Federal conta com um caderno de protocolos de segurança estabelecidos entre o trade de eventos e o setor público. Em seu discurso, o palestrante e empresário Alejandro Parrilla destacou a importância de práticas seguras. “Eu acredito na união do setor produtivo no Distrito Federal. O caderno de protocolo de segurança foi feito com êxito entre o trade da cidade e o setor público. Vejo com naturalidade que todos os envolvidos querem as melhores praticas de segurança. É um trabalho de formiguinha destacando a importância de todo o processo de protocolo. É preciso todas as partes estarem alinhadas”, disse. O empresário destacou que é possível fazer um evento com todas as normas de segurança.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.