fbpx

Pesquisa do Instituto Fecomércio-DF mostra que apenas 8,9% dos comerciantes brasilienses esperam crescimento nas vendas durante o Dia dos Pais

Os comerciantes brasilienses não estão otimistas em relação às vendas para o Dia dos Pais deste ano. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio-DF, apenas 8,9% dos lojistas da capital do País esperam que as vendas em 2020 cresçam mais do que no ano passado; 48,52% disseram que a procura será menor e 42,61% afirmaram que será igual. O levantamento foi feito com 406 empresas de diferentes segmentos, concentradas em várias regiões do DF. Para o presidente da Fecomércio-DF, Francisco Maia, o pessimismo, por causa da crise causada pela pandemia, era esperado. Entretanto, o consumidor não deixará de presentear.

Segundo Maia, a data não será igual a dos outros anos. “O empresário está enfrentando a maior crise dos últimos tempos. Após meses de portas fechadas e com prejuízos nas alturas, era esperado que a confiança do empreendedor ficasse abalada”, explica. “Mas, por outro lado, o consumidor não deixará de comprar, nem que seja uma lembrancinha. Por isso, é necessário que o lojista invista no e-commerce, ou em sistema diferenciados para chegar até o seu cliente, como o delivery ou o take out”, diz o presidente da Federação, Francisco Maia.

Apesar do pessimismo em relação às vendas, os empresários esperam que o consumidor que for comprar gaste mais esse ano. A expectativa em relação ao valor médio do presente é de R$ 350,65, um acréscimo de 39% quando comparado com o ano anterior. Já no quesito Estratégias para o Período, 58,37% pretendem usar algum tipo de estratégia para alavancar as vendas, preferencialmente por: realizar promoção (30,23%); kit de produtos (16,28%); vitrine temática (13,57%); diversidade de produtos (13,57%); divulgação (11,63%) e desconto para compras à vista (6,20%).

Em relação ao preço dos produtos, 86,5% disseram que irão manter o valor; 11,8% afirmaram que vão reduzir e 1,7% aumentarão. Como justificativa para o aumento, 57,14% responderam que será por causa do repasse do fornecedor; 28,57% disseram que é por conta da pandemia e 14,29% por causa do aumento do dólar. Para a redução, 79,17% afirmaram que vão abaixar os preços para se adequarem ao cenário de crise e 10,42% responderam que é para atrair mais clientes.

Consumidor

Ainda de acordo com o levantamento realizado pelo Instituto Fecomércio, a maioria dos consumidores estão dispostos a ir às compras. Segundo a pesquisa, 55,91% pretendem presentear e 44,9% disseram que não irão comprar nada para a data. Em relação ao ano passado, a intenção positiva de compra teve uma queda de 7,45%. Entre os que não vão comprar presentes, 55,31 % responderam que não tem a quem presentear; 26,82% estão passando por dificuldade financeira; 11,17% não gostam de presentear e 6,7% estão sem emprego.

O ticket médio esperado pelos consumidores é de R$ 116,12. A preferência pela modalidade de pagamento é pelo o dinheiro (80,6%); crédito (10,6%) e débito (8,8%). Nesse Dia dos Pais, o consumidor afirmou que procurará o presente em lojas de artigo para presentes (23,8%); cosmético/perfume (17,82%); calçados e acessórios (15,38%); livros/papelaria (13,88%); produtos culturais (11,07%); jóias/semijóias (5,25%); chocolate/doces (4,88%), entre outros. Sobre o local de compra, 44,69% afirmaram que vão procurar o presente em lojas de rua; supermercados (19,47%); shoppings (17,70%); feiras (8,41%), entre outros.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.