fbpx

Vice-presidente da Fecomércio fala de Brasília como uma cidade viva

por acm

Em um artigo intitulado Cidade cada vez mais viva, o primeiro vice-presidente da Fecomércio-DF, Miguel Setembrino Emery de Carvalho, fala sobre a Capital Federal, que acabou de completar 55 anos. Para ele, a cidade, através das pessoas que chegaram a Brasília por vontade própria e adotaram como sua e àquelas nascidas na cidade, mostram de que ela não é mais apenas o fruto de uma mera decisão administrativa ou de um plano de governo. “Há poucos dias, por exemplo, dois grandes debates deram sobejas mostras dessa preocupação com os destinos e o entendimento do conceito que temos da cidade. Em um dos casos se discutiu a pertinência ou não da construção de um memorial em homenagem ao ex-presidente João Goulart (O Jango), que seria construído no Eixo Monumental, entre o Memorial de JK e a Praça do Cruzeiro. Digo seria, pois as reações contrárias ao projeto foram tamanhas, que se não fosse a grita popular a obra teria se iniciado, mesmo trazendo em seu bojo inúmeras irregularidades, como depois o poder público constatou”, afirmou Setembrino.

Leia a íntegra do artigo:

Cidade cada vez mais viva

Miguel Setembrino Emery de Carvalho

Às vésperas de completar 55 anos de existência, a cidade, através das pessoas que aqui chegaram por vontade própria, que a adotaram como sua e àquelas aqui nascidas, vem dado repetidas mostras de que ela não é mais (e acho que nunca o foi) apenas o fruto de uma mera decisão administrativa, de um plano de governo, que se tornou um organismo vivo, pulsante e consciente do seu existir, de sua importância e sua relevância no contexto histórico e social brasileiro.

São pessoas que se importam, amam e defendem incondicionalmente sua cidade, seja dos ataques especulativos, seja das línguas ferinas e injustas, seja do descaso e da omissão, ou do oportunismo reles e vil, preservando-a não por um apego ao imobilismo canhestro, mas sim por sua essência revolucionária e democrática, por seu espírito libertário e belo, que transcende o quadrilátero original e navega rebelde por esse oceano em forma de céu.

Há poucos dias, por exemplo, dois grandes debates deram sobejas mostras dessa preocupação com os destinos e o entendimento do conceito que temos da cidade. Em um dos casos se discutiu a pertinência ou não da construção de um memorial em homenagem ao ex-presidente João Goulart (O Jango), que seria construído no Eixo Monumental, entre o Memorial de JK e a Praça do Cruzeiro. Digo seria, pois as reações contrárias ao projeto foram tamanhas, que se não fosse a grita popular a obra teria se iniciado, mesmo trazendo em seu bojo inúmeras irregularidades, como depois o poder público constatou.

Mas, o bonito foi ver, independente da discussão técnico/política, que a maioria das objeções centravam-se no fato de Jango pouco se importar com a então nova capital e também com o fato de a construção do memorial interferir de forma definitiva com a observação do pôr do sol na Praça do Cruzeiro, um dos referenciais do imaginário da cidade. Ponto para o amor próprio!

Outro exemplo de preocupação com a descaracterização criminosa da cidade foi dado pela Câmara Legislativa do DF, instada pela pressão popular e de arquitetos e urbanistas, que vetou um projeto de lei que autorizava a alteração do uso e do potencial construtivo da 901 Norte, fortalecendo dessa forma a manutenção do tombamento e da qualidade de vida de nossa população. Mais pontos a favor!

Aproveitemos, pois, esse aniversário para clamarmos por mais carinho e aconchego para com a cidade. Queremos de volta o nosso Teatro Nacional e junto a sua orquestra; queremos reforma no nosso parque e pulmão da cidade; a manutenção inegociável, com a retirada imediata de invasões, do nosso Parque Nacional da Água Mineral; o restauro dos nossos bens culturais e monumentos públicos; enfim, uma Brasília capaz de renovar a fé no Brasil e nos brasileiros.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.