fbpx

Sindicondomínio-DF defende ações para manter empregos e viabilidade econômica dos condomínios e edifícios dos shoppings do DF

O Sindicato dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Distrito Federal tem atuado para evitar demissão de funcionários do setor. Um dos atos praticados pela entidade sindical foi possibilitar aos empregados de Condomínios de Shoppings tirarem férias antes de completar 12 meses de serviço. Segundo o sindicato, a decisão foi tomada antes da publicação da MP 927/2020, do Governo Federal. “Nossa luta é para que medidas como essa sejam incluídas na nossa convenção coletiva”, explica do presidente da diretoria executiva do Sindicondomínio, Antônio Paiva.

Ele conta ainda que nos acordos coletivos de trabalho firmados com os Condomínios de Shoppings, o sindicato conseguiu manter alguns direitos para os trabalhadores afastados durante a vigência do decreto do GDF, que determinou o fechamento do shoppings. “Conseguimos vale alimentação integral, plano de saúde e 40% da remuneração. Vários shoppings ainda estão firmando acordo coletivo de trabalho. Tenho assinado muitos documentos essa semana para manter esses direitos para os trabalhadores e, assim, manter mais de mil empregos, preservar vidas e possibilitar a saúde financeira dos empreendimentos”, explica.

O próprio Sindicato dos Condomínios Residenciais e Comerciais do Distrito Federal optou por fazer home office para garantir a saúde dos funcionários e manter os atendimentos com qualidade. Todas as ligações da entidade, no número 3225-9552, são transferidas para os celulares dos empregados, que por sua vez as encaminham para os Vice-Presidentes de plantão e para a assessoria jurídica. Além disto, foi criado um grupo de whatsapp onde a equipe discute as demandas dos condomínios. “Demos férias para quem não podia trabalhar de casa, como serviço de copa, por exemplo, mas mantemos o trabalho de casa com o restante da equipe. Estamos aprendendo muito. Nossa missão neste momento é proteger as vidas de nossos trabalhadores, manter os empregos e possibilitar que os condomínios possam evitar um colapso financeiro”, conclui o presidente.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.