fbpx

Shoppings tradicionais da cidade apostam em obras de revitalização

Brasília surgiu no papel com uma arquitetura moderna e ousada para a época em que foi inaugurada, e ainda impressiona seus visitantes. Considerada uma cidade-monumento, muitos dos empreendimentos construídos após sua inauguração, tentam acompanhar essa modernidade. É dessa forma que os shoppings de Brasília colocaram a mão na massa. Mais do que acompanhar o mercado, sentiram a necessidade de investir em revitalização para manter os prédios com o perfil da cidade.

O Taguatinga Shopping está na cidade desde novembro de 2000. Ao redor, não havia nenhum outro comércio quando inaugurado. Em 2008, com o crescimento da região, o local passou pela primeira grande obra de expansão, com investimento de R$120 milhões. Foram abertas 60 novas operações e duas torres comerciais, com 330 salas. “Sempre focamos em melhorias para o consumidor. Mas com novos empreendimentos na vizinhança, tanto comerciais quanto residenciais, nós nos vimos obrigados a fazer mais investimentos”, conta a superintendente, Eliza Maria Ferreira.

Com isso, o centro comercial passou a ter um fluxo de movimento 15% maior vindo das torres, e o público geral aumentou em 10%. Eliza completa que foram gerados mais de 2.500 empregos diretos e acredita que indiretamente esse número seja três vezes maior. “Mas não podemos ficar apagados perto das belíssimas construções. Estamos com um novo projeto em fase final, com execução prevista para o segundo semestre de 2015”, conta. O valor das novas obras ficará em torno de R$ 27 milhões.

A empresária Carla Gonçalves Stival, há cinco anos tem lojas no shopping e é proprietária da Carmen Steffens Concept. Ela comemora as ampliações que trouxeram aumento no fluxo de clientes. “Vejo que pessoas têm comentado as mudanças, contentes com mais marcas, mais restaurantes e vagas no estacionamento também. Hoje, tenho um público de Águas Claras, Guará e a elite de Taguatinga, que passou a frequentar mais o shopping”, comemora.

Resultados perceptíveis

Ao completar 18 anos em 2015, o Pátio Brasil Shopping também está em processo de revitalização de suas estruturas. As obras no empreendimento iniciaram em 2014 e devem ser concluídas em 2017, com investimento de R$ 120 milhões. A modernização será em três etapas, sendo uma delas internamente, nos banheiros, piso de alimentação, equipamentos, entre outros. As outras envolvem a fachada e mudança dos elementos de decoração interna. De acordo com o superintendente do centro comercial, Carlos Passos, já são perceptíveis os resultados positivos com apenas 40% do investimento aplicado. “Em novembro de 2014, tivemos a maior porcentagem de aumento de vendas dos últimos 36 meses. Há um processo de cumplicidade do público com a gente. O cliente tem se sentido mais valorizado. Fizemos uma pesquisa que nos mostrou que estamos no caminho certo”, conta.

O empresário Júlio Cesar Alonso é proprietário de uma loja Cacau Show no Pátio Brasil há sete anos e apoia completamente o investimento que será feito. “O shopping precisa estar sempre em modernização e vejo que essa mudança trará bons resultados para todos. Os clientes já estão percebendo que está mais agradável andar nos corredores. A fachada será a cereja do bolo para aumentar o movimento”, elogia. Júlio destaca ainda que as obras acabam atraindo novos empreendedores de peso e obrigando os lojistas antigos a se modernizarem também. “A minha loja já está com a roupagem mais moderna”, conclui.

Mais lojas

Um dos mais tradicionais centros comerciais de Brasília, inaugurado há quase 40 anos, o antigo Venâncio 2000, fez avanços em vários sentidos. A modernização começou pela marca e agora se chama Venâncio Shopping Escritórios e Gastronomia. A nova roupagem vai custar R$ 200 milhões, investidos por meio de financiamento bancário e investidores varejistas e imobiliários. A revitalização garante um espaço moderno, mantendo o perfil que já existe, o de oferta de diversos serviços. Além de alterações nas estruturas interna e externa, já em andamento, o espaço contará com novas atividades de varejo e alimentação. “A nossa localização é privilegiada e temos um movimento por conta dos serviços que oferecemos. Queremos trazer mais comodidade, com mais produtos, serviços e experiências de consumo para o consumidor que já frequenta nossos espaços e é claro, conquistar novos frequentadores”, explica a gerente de marketing Karine Pagotte.

A ampliação aumentará a área bruta locável (ABL) para 15 mil m², e com a oferta de mais de 150 lojas. A estimativa é que sejam criados mais de dois mil novos empregos diretos e indiretos. Uma das novidades é a vinda do Outback Steakhouse. Na área gourmet haverá ainda Subway, Pacífico Sushi, Panelinhas do Brasil e Tostex.

A psicóloga Josélia Moraes Queiroz trabalha no Venâncio há 9 anos, em uma empresa nas torres comerciais e elogia principalmente a praça de alimentação que já está pronta. “Está excelente e arejada. Bom porque eu não preciso mais sair daqui para almoçar. Hoje em dia está muito agradável ficar aqui”, elogia. Josélia acha importante o investimento. “A estrutura estava bem antiga e não estava bonita”.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.