fbpx

Reunião do Fornatur discute assuntos prioritários para o turismo do DF

A Fecomércio-DF recebeu nesta terça-feira (24), a 86ª Reunião Ordinária do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur). Durante o encontro, representantes estaduais de turismo definiram as pautas prioritárias para serem discutidas ao longo do ano e encaminhadas ao Ministério do Turismo. Verba descentralizada para a divulgação dos destinos, lei de incentivo ao turismo, feiras nacionais e internacionais foram assuntos tratados durante a reunião.

reuniao presidente

O presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, foi o anfitrião do fórum e ressaltou a importância do encontro em traçar estratégias para alavancar os negócios e trazer turistas para a cidade. Segundo Aldemir, é necessário agregar as entidades voltadas para o turismo de uma forma mais efetiva e concisa. “O turismo no DF precisa ser mais divulgado fora da nossa cidade do que efetivamente é. Nós temos hoje tudo o que precisamos de uma bela cidade, e precisamos dar valor a isso. Queremos trazer as pessoas para conhecerem as riquezas, os poderes políticos e a religiosidade da cidade”, explicou.

Adelmir lembrou ainda que a Fecomércio vem se reunindo com instituições vinculadas ao setores de comércio e serviços para estruturar a criação da Câmara Temática de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio-DF, que será lançada no dia 8 de junho.

A Fornatur tem como objetivo desenvolver o potencial do setor, estimular o empreendedorismo e aumentar o fluxo de visitantes no País. Além disso, o encontro debateu sobre os avanços na promoção e marketing dos destinos no ambiente digital, além da criação de zonas especiais de interesse turístico e a isenção de vistos durante o ano olímpico.

reuniao ministro

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, participou do fórum e destacou a importância do colegiado para enfrentar os desafios atuais do turismo brasileiro, além de avançar na agenda econômica para o setor. “É preciso uma ação entre ministérios e secretários para reforçar o setor como motor do desenvolvimento econômico, no qual todo real investido gera retorno. A participação das secretarias de turismo nos ajuda a colocar em prática os planos e metas sugeridos pelo fórum”, explicou Henrique.

Durante o fórum, também foi apresentado o Índice de Competitividade do Turismo Nacional de 2015, que avalia  os principais destinos turísticos brasileiros com o objetivo de criar uma série histórica, fornecendo informações que possam subsidiar o planejamento estratégico da atividade turística e monitorar a evolução da atividade nos destinos e no País.

O vice-presidente da Fornatur e secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Nilo Sérgio Félix, foi o responsável por presidir a reunião. Também estiveram presentes o secretário de Turismo do Distrito Federal, Jaime Recena; o secretário Nacional de Políticas Púplicas, Hercy Filho; o deputado federal Herculano Passos; a assessora de projetos especiais da Fecomércio-DF, Jackeyline Reis Mapurunga; e secretários estaduais de turismo.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.