fbpx

Reforma do secretariado

por acm

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, anunciou no dia 15 de setembro que faria uma reforma para cortar cargos e ajustar a máquina do governo. O próprio GDF acenou para a população que promoveria mudanças na equipe de secretários para cumprir com esses objetivos. Criou-se então uma expectativa de que novos gestores, com grande capacidade de interlocução com a sociedade, seriam anunciados e uma grande redução de secretarias seria feita. Mas passados quase 30 dias entre um anúncio e outro, um longo período – diga-se de passagem -, o que se viu foi mais uma mudança para acomodar aliados políticos. Creio que os brasilienses esperavam mais dessa reestruturação.

O que transpareceu é que ocorreu uma reforma com os mesmos, deslocando para outras funções aqueles que foram suprimidos da condição inicial de secretários. Desse jeito, não sentiremos grandes transformações. E preciso que o alto escalão do governo seja composto, sobretudo, por pessoas que vivenciem Brasília no seu dia a dia e que estejam credenciadas para conduzir ações capazes de transformar o Distrito Federal. A meu ver, os secretários devem, inclusive, ter conhecimentos suficientes sobre suas áreas até mesmo para influenciar ou orientar o governador na tomada de uma decisão que se traduza em bons resultados.

Hoje, percebemos que o GDF está em busca de apoio político, mas não sabemos se isso se reverterá em uma administração mais eficiente. Do ponto de vista da economia, sou favorável a qualquer medida de diminuição do tamanho do Estado. A minha tese é de que as atividades não podem ser suprimidas, mas é fundamental, sim, diminuir a máquina do governo. A união de áreas pode até facilitar os canais de comunicação. Ações nesse sentido merecem aplausos. Mas do ponto de vista da gestão, senti falta de nomes mais ligados à população e às entidades representativas da sociedade, pessoas preparadas para promoverem grandes mudanças em Brasília.

ADELMIR SANTANA
Presidente do Sistema Fecomércio DF (Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio DF)


 

Publicado Originalmente no Jornal de Brasília, 19 de Outubro de 2015.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.