fbpx

Queda da receita de serviços rebaixa previsão da CNC para o setor este ano

O volume de receitas do setor de serviços recuou 6,1% na comparação entre maio deste ano e o mesmo mês de 2015, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (13) pelo IBGE, por meio da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS). Pela décima quarta vez seguida, a receita real do setor registrou taxa negativa. Além dessa sequência inédita de retrações, a perda registrada em maio representou o segundo pior desempenho nesse tipo de comparação em toda a série histórica da PMS, melhor apenas do que os -6,4% registrados em novembro de 2015.

De acordo com o levantamento, além dos dados negativos de maio, a possibilidade de um novo adiamento no aperto monetário, a despeito da desaceleração recente no preço dos serviços no IPCA, levou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) a revisar de -3,9% para -4,5% sua projeção de variação do volume de receita do setor de serviços ao fim de 2016.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.