fbpx

Projeto utilizará fóruns de bate papo e perfis nas redes sociais para prevenir HIV

No Dia Mundial da Saúde, celebrado nesta quinta-feira (7), a Fecomércio-DF foi sede do lançamento de um projeto pioneiro que visa a prevenção da AIDS entre jovens de 14 a 29 anos. O programa Navegando com Saúde na Internet, da ONG Amigos da Vida, utilizará as redes sociais e os fóruns de bate-papo para prevenir a proliferação do vírus HIV, que aumenta no Distrito Federal.

 
amigosdavidaDados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do DF revelam que no período de 2009 a 2014 foram registrados 2,3 mil novos casos. Em âmbito nacional, houve um aumento de 300% no número de jovens que contraíram a doença no País. O projeto tem a chancela da ONU (Unaids) e o apoio da Federação do Comércio do DF.

 
O presidente da ONG Amigos da Vida, Christiano Ramos, explica que o projeto terá como foco sites de bate-papo e aplicativos de encontros sexuais, como o Tinder e o Grindr.“A equipe do programa entrará nesses aplicativos com o nick name amigos da vida DF, com a ideia de conversar com os jovens e fazer um trabalho de prevenção”, explica. “Também iremos aplicar um questionário que vai alimentar um banco de dados que nos mostrará um retrato dessa realidade, do aumento significativo de casos entre jovens. Posteriormente as informações serão enviadas a instituições ligadas à prevenção da doença”, destaca Christiano Ramos. A ONG atuará em média 8 horas por dia no trabalho de prevenção na internet.

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, explica que a Federação resolveu apoiar a iniciativa por ter um compromisso com a responsabilidade social com a população de Brasília. “A Fecomércio nunca se afugentou em estar junto de movimentos sociais que dizem respeito a nossa cidade e ao bem estar da população”, explica Adelmir. “Também temos outros movimentos em defesa da nossa cidade, sempre objetivando dar informações a população em geral”, diz. Adelmir ressalta ainda que a parceria com a ONG visa à conscientização dos jovens e da família brasiliense sobre os riscos do HIV. De acordo com o  Boletim Epidemiológico da Saúde, observa-se um aumento da transmissão do vírus sobretudo entre o sexo masculino – em 2013 o número de pacientes com HIV era de 326, já em 2014 o índice subiu para 487.

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) que promove o progresso global na realização de prevenção, tratamento, serviços e apoio para deter e reverter a propagação do HIV esteve presente no evento de lançamento do projeto, representado por sua diretora no Brasil, Georgiana Braga. A instituição iniciou suas atividades em janeiro de 1996. No Brasil, a entidade mantém representação desde 2000, com sede em Brasília.

Segundo Georgiana, é necessário abordar mais o tema sexo e saúde para alertar os jovens sobre os perigos das doenças sexualmente transmitidas. “Temos que lembrar de falar sempre do HIV, mas temos que falar de uma forma positiva de saúde na internet.  Eu passei 15 anos fora do Brasil e quando voltei fiquei assustada em ver que AIDS o HIV e a sexualidade tinham saído do debate na sociedade. Hoje, não vemos mais nada sobre o assunto em revistas, jornais ou na televisão”, diz Georgiana. “Esse tipo de projeto da ONG é fantástico, entrar onde o jovem está, com a linguagem deles é excelente”, afirma.

Também estiveram presentes a coordenadora da frente parlamentar da Aids na Câmara Federal, Erika Kokay; a senhora Carmem Manfredini, mãe de Renato Russo; o vice-presidente-financeiro da Fecomércio-DF, Paolo Piacesi e a diretora executiva do Insituto Fecomércio, Elizabet Campos.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.