fbpx

Projeto apoiado pela Fecomércio atua nas redes sociais para prevenir proliferação do HIV

Por meio de questionários elaborados em sites de bate-papo e aplicativos de relacionamentos, como o Tinder e o Grindr, o projeto Navegando com Saúde na Internet, da ONG Amigos da Vida, lançado em abril, com apoio da Fecomérico-DF, tem alertado jovens de 14 a 29 anos sobre métodos de prevenir a proliferação do vírus HIV. O projeto também levantou dados importantes. Segundo a equipe da ONG, 57% das pessoas abordadas usam camisinha durante a relação sexual, 34% usam às vezes e 9% não usam.

exameNa opinião do coordenador do projeto, Pedro Alves Barbosa, dados como esses são importantes para a elaboração de políticas públicas que visem à maior adesão ao uso da camisinha. Segundo ele, a falta do uso de preservativos é um fator predominante para a propagação da doença. Os últimos dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde do DF revelam que no período de 2009 a 2014 foram registrados 2,3 mil novos casos. Em âmbito nacional, houve um aumento de 300% no número de jovens que contraíram a doença no País. “Mais da metade dos entrevistados disseram que usam camisinha. É um número alto, mas ainda é longe do satisfatório. Acredito que deveria ser um número bem maior”, destaca Pedro Barbosa.

O coordenador da ação explica ainda que em muitos casos as pessoas procuram conversar com os colaboradores do projeto para procurar ajuda, desabafar e descobrir como proceder após ter uma relação sem camisinha. “Tivemos contato com um rapaz que teve relação sexual com um soro positivo sem o uso de preservativo. Ele ficou desesperado. Perguntamos se ele já tinha feito exames, ele disse que sim só que o resultado não tinha saído. Explicamos que demora, que é normal e encaminhamos o jovem para nossa terapeuta que realizou a orientação, e manteve a calma até o resultado sair, que no final deu negativo”, explica Pedro.

Outro ponto do projeto é a capacidade de transmitir informações preciosas para as pessoas que não sabem o que fazer. A equipe responsável por entrar nos fóruns de bate-papo orienta sobre a existência de mecanismos de prevenção ao contágio da Aids. Há um protocolo de Profilaxia, por exemplo, no qual o tratamento é composto por medicamentos antirretrovirais, que impedem que o HIV se reproduza nas células. Sem se reproduzir adequadamente, o vírus fica inativado e não causa a doença.

“Um dado importante: 43,3% das pessoas que nos procuram não sabem da existência desse remédio. Em relação ao uso, é importante tomar o mais rápido possível após a relação sexual. A eficácia dos medicamentos diminui à medida em que o tempo passa. Dessa maneira, o ideal é começar a tomar o remédio nas três primeiras horas depois da relação sexual, sendo o prazo máximo de 72 horas. O medicamento deverá ser tomado durante 28 dias seguidos, sem interrupção, com acompanhamento da equipe de saúde”, diz Pedro Barbosa. O remédio pode ser adquirido gratuitamente na rede pública de saúde.

Próximos passos do projeto

A partir de setembro, o programa também terá abordagem presencial. A ONG irá até faculdades, bares, festas e escolas para tentar alertar os jovens sobre o risco do HIV. Também foi fechada uma parceria com a Universidade de Brasília (UnB) e a gerência de DST Saúde, da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, na qual será elaborado um curso de testagem rápido. “Com essa novidade poderemos atender a um número maior de pessoas e orientá-las mais rapidamente”, informa Pedro.

Compromisso social

Desde 2012, a Fecomércio-DF tem uma parceria com a ONG Amigos da Vida. A Federação já apoiou a abertura de quatro brinquedotecas em hospitais públicos nas cidades de Taguatinga, Asa Norte, Paranoá e Sobradinho. Para ajudar o projeto, a Federação doou 30 mil revistas infantis e uma TV de plasma, além de viabilizar a abertura dos espaços voltados para crianças internadas nessas unidades de saúde.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.