fbpx

Pesquisa mostra a percepção do brasileiro sobre o crime de contrabando e suas soluções

Pesquisa do Instituto Datafolha indica que 50% das pessoas conhecem alguém que já comprou produtos contrabandeados. De acordo com o levantamento, para 53% dos entrevistados, o preço baixo é a principal vantagem desses produtos. O levantamento foi realizado entre os dias 22 e 24 de abril de 2015 e tem abrangência nacional. Foram ouvidas 2.401 pessoas em 143 municípios de pequeno, médio e grande porte.

O presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, chama atenção para o fato de que por trás da pirataria não estão pessoas trabalhadoras, como muitos tendem a fantasiar, mas sim complexas organizações criminosas. “Ao contrário do empreendedor, o pirata não gera emprego e nem receita para o Estado. Na sua quase totalidade, eles vendem um produto falsificado, produzido em fábricas clandestinas ao redor do mundo a partir do uso de mão de obra escrava. É um crime e precisa ser encarado dessa forma. Imagine a cena: um pequeno empresário chega para abrir a sua loja, pela qual ele paga taxas, encargos e os mais variados impostos, e ao seu lado um camelô improvisa uma arara e começa a vender mercadorias pelas quais ele não paga nenhum imposto. Isso não é nem concorrência desleal, é concorrência predatória”, ressalta Adelmir Santana.

Ainda segundo a pesquisa do Datafolha, a grande maioria dos pesquisados concorda que o contrabando é prejudicial para a sociedade e para o País. Para 86%, produtos contrabandeados incentivam o crime organizado e o tráfico. Para mudar esse cenário, 92% dos entrevistados afirmaram que os brasileiros deixariam de comprar produtos contrabandeados se a mercadoria nacional fosse mais barata.

Desde 2014, o Movimento em Defesa do Mercado Legal Brasileiro vem lutando para inserir no debate nacional ideias que possam se transformar em ações práticas e que possam contribuir para a redução do contrabando, e por consequência dos graves efeitos que traz para o país. Para uma visão mais aprofundada dos resultados da pesquisa, acesse o site www.naoaocontrabando.com.br e faça o download grátis.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.