fbpx

O preço da ignorância

Por Francisco Maia
Presidente do Sistema Fecomércio-DF (Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio)

Diz um saber popular que Deus não escolhe os capacitados, apenas capacita os escolhidos. Conjugar conhecimento à capacitação pode ser rima e solução, mas nada acontecerá se não for pelos caminhos da prática. O humor satírico ensina que nada se cria, porém tudo se copia. Para capacitar os trabalhadores à eficiência, por que não olhar para experiências que já estão dando certo?

A educação na Alemanha se mostra ao mundo como um exemplo de eficiência. O Brasil, patinho feio, apesar do olhar e colaboração da iniciativa privada, ainda apresenta uma visão assistencialista na formação profissional. Somente 1 em cada 10 jovens cursam escolas técnicas federais no Brasil. Em países desenvolvidos, esse número é de 1 em cada 2 jovens.

Em um instante em que as mudanças tecnológicas pedem o aperfeiçoamento desse tipo de formação profissional, as escolas profissionalizantes do governo mantêm currículos excessivamente teóricos e distantes da realidade sempre atual no mundo do trabalho. Até janeiro deste ano, segundo o censo escolar do MEC, foram matriculados pouco menos de 2 milhões de alunos nos cursos profissionalizantes em todo o Brasil. A participação da iniciativa privada, de 40%, foi com 800 mil matrículas e o restante ficou com governos municipais, estaduais e federais.

Já faz décadas que a presença dos governos neste modelo de educação é insuficiente. É injusto criticar apenas os dirigentes atuais. Têm muitos aniversários que não se brinda o país com uma excelente formação profissional. Afinal, virou bordão que a gestão privada é controlada pelo governo, enquanto a pública é exatamente aquela que ninguém controla. Preocupante, tão preocupante que o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID – alertou que os governos do Brasil há muito tempo gastam muito e gastam mal. Tamanho é o desperdício, que apesar do valor corrigido, R$ 68 bilhões saem pelo esgoto todos os anos.

O modelo que algumas escolas geridas pela iniciativa privada mostram o que é a formação dual. Esse conceito de formação profissional é aquele que equilibra os novos conhecimentos teóricos ao aprendizado prático profissional. Nada mais oportuno que uma reflexão sobre a capacitação, neste instante em que famílias se desesperam com as sombras do desemprego: trágica herança que a pandemia deixou.

A formação profissionalizante alemã é a que oferece as melhores perspectivas. Para a juventude, o fim do ensino médio é um período de muitas dúvidas. Aos 17 anos será preciso desenhar o formato do próprio destino. Haverá uma escolha dramática entre o dinheiro ou o sucesso público. A experiência alemã revela que é nesse momento que o jovem decide entre obter conhecimento para garantir as portas práticas que o levem ao emprego e salários ou o brilho em uma universidade. Uma escolha delicada. O caminho da profissão imediata e a glória no mundo das ciências gera uma bifurcação onde as escolhas não têm volta.

Os alemãezinhos sempre tiveram muito claro que se a opção for universidade é porque sabem ser capazes de gerar conhecimento e não apenas repetir o que já existe. Universität ou Ausbildung. Universidade ou Formação Profissional. Uma é para buscar conhecimento novo e seus resultados para a humanidade. Outra, para saber usar com perfeição aquilo que já se conhece. A primeira é aposta no futuro; a outra é certeza imediata de se transformar em um profissional. Essa última, resulta na opção mais procurada, pois os jovens têm pela frente mais de 330 profissões à escolha.

É fundamental que saibamos que muito mais importante que os valores externos, das florestas às grandes usinas, é o nosso patrimônio humano, construído com educação e tecnologia.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.