fbpx

O incêndio continua

A tragédia do Museu Nacional ainda arde, tamanha a catástrofe e a perda irreparável para a humanidade. Já o fogo, que reduziu séculos de história a pó, continuará a queimar enquanto não houver uma autocrítica e uma definição de prioridades. Chega a ser um ato de irresponsabilidade pensar nesse desastre e não voltar os olhos para a conservação de todos os outros museus e do restante do patrimônio histórico, artístico e cultural brasileiro. Como estão os nossos equipamentos hoje e o que estamos fazendo para conservá-los? São perguntas que todos os cidadãos e gestores deveriam estar fazendo neste momento.

Em Brasília, o secretário de Cultura veio a público, em uma atitude responsável, admitir que os museus da cidade sofrem uma cadeia de abandono histórico. Isso é incontestável e não é culpa deste ou daquele governo, mas da falta de uma percepção geral sobre o que é importante. O que nos leva a crer que talvez a culpa seja generalizada. O erro está em acreditar que investir em cultura, por exemplo, não é uma prioridade. Enquanto nós sabemos que é exatamente o contrário. Está mais do que comprovado o impacto positivo que atividades culturais e artísticas têm na educação, na economia, no turismo, na segurança e até na saúde da nossa população.

É necessário, assim, apontar o que é primordial: construir estádios ou investir no básico? Também precisamos estabelecer planos e ações. O Estado não foi capaz, até aqui, de gerir seus equipamentos. O Museu de Arte de Brasília está fechado desde 2007. O Teatro Nacional não abre suas portas desde 2014, só para citar alguns. Não seria o caso, portanto, de passar a direção dessas instituições para fundações independentes, que possam receber recursos privados? Em Brasília, isso é ainda mais grave porque toda a cidade está tombada. Se riscarmos umfósforo, milhares de outros museus pegarão fogo. O incêndio do Museu Nacional só acabará quando mudarmos a nossa visão sobre patrimônio.

Adelmir Santana é presidente do Sistema Fecomércio-DF (Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio)

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.