fbpx

Luz para Brasília

por acm

Adelmir Santana – Presidente da Fecomércio-DF, entidade que administra o Sesc, o Senac e o Instituto Fecomércio no Distrito Federal.

A Companhia Energética de Brasília (CEB) recebeu na quarta-feira passada (30), após os fortes temporais que atingiram o Distrito Federal, mais de 524 reclamações por falta de luz. Segundo a própria companhia, todas as regiões tiveram problemas. Infelizmente, o apagão não é um fato isolado. Os serviços da CEB são considerados ineficientes há algum tempo. No ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a companhia está entre as piores do País. Em 2012, atingiu a antepenúltima colocação (33º lugar) do ranking e em 2011 ficou na 27ª posição.

Entre os insatisfeitos com esse serviço estão os empresários dos setores de Comércio, serviços e turismo da cidade, juntamente com toda população restante de Brasília. Os constantes apagões elétricos no DF causam prejuízos também aos lojistas.Muitas vezes, o Comércio fecha, mercadorias estragam e equipamentos precisam ser trocados. O mercado imobiliário é outro na lista dos prejudicados com a burocracia e ineficiência. Um pedido de desligamento ou religação de luz demora em média três dias, o que prejudica a locação do imóvel. A transferência de titularidade de uma conta também é complicada e só pode ser solicitada pelo locador. Além disso, a CEB exige que essas demandas sejam resolvidas presencialmente, o que acarreta em ainda mais perda de tempo e dinheiro.

O mais interessante é que a CEB mantém um Conselho de Consumidores, criado justamente para estreitar as relações entre a companhia e seus clientes. A Federação do Comércio (Fecomércio) faz parte desse conselho, com representantes de outras categorias e integrantes do governo. No entanto, o órgão não tem cumprido seu objetivo e muito menos resolvido os problemas dos cidadãos e as reclamações encaminhadas pelo setor produtivo. A burocracia desnecessária da CEB prejudica a todos. É preciso repensar esse modelo de atendimento, antes que a luz se apague de vez.

Publicado originalmente no Jornal de Brasília 04/11/2013.

Brasília, 4 de novembro de 2013.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.