fbpx

Líderes da Fecomércio e do Fornatur se reúnem com deputados federais e pedem legalização de cassinos

A Fecomércio-DF e representantes do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur) se reuniram nesta quarta-feira (18), na Câmara dos Deputados, com 60 parlamentares, para debater assuntos relacionados a melhoria do turismo no Brasil. As entidades entregaram aos deputados federais dois documentos com pautas de interesse do setor: um a favor da modernização da Embratur, com o intuito de que o órgão vire uma agência, e o outro solicitando o fortalecimento das discussões sobre a liberação junto ao Congresso Nacional do funcionamento dos cassinos no País.

2017-10-18- Adelmir cafe e reuniao do Fornatur-12Na opinião do presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, essa mobilização é fundamental para fortalecer o setor. “Temos muitos problemas e dificuldades no turismo do Brasil. Todos precisam estar mobilizados e atentos. O encontro com os parlamentares foi de grande importância em prol do turismo, além de uma oportunidade para estreitar os laços”, disse Adelmir. O presidente da Fecomércio também ressaltou que o turismo agrega 50 atividades econômicas diretamente e com o seu desenvolvimento será possível encontrar caminhos mais fáceis para melhorar a situação do emprego e da geração de renda. “Não existe um país no mundo que tenha tanta diversidade quanto o nosso. Temos praias, serras, pantanais, florestas, festas típicas e gastronomia diversificada. Temos tudo, mas ainda precisamos ampliar esse rol com a legalização dos cassinos, podendo aumentar muito a vinda de turistas para o Brasil”, concluiu.

Já o presidente do Fornatur e secretário de turismo do Estado de Pernambuco, Felipe Carreras, disse que a reunião foi de extrema importância para estreitar os laços com os parlamentares e debater a pauta nacional. Sobre a legalização dos cassinos, Felipe destacou que esse é um tema muito defendido, pois vários lugares do mundo duplicam o quantitativo de visitantes após aderirem a esse tipo de negócio. “Acredito que a legalização dos grandes cassinos no País iria aumentar o número de turistas, além de dobrar ou triplicar a receita com o setor. É o momento do Brasil entrar na rota internacional dos cassinos, a maioria dos países preferem legalizar do que deixar esse tipo de atividade na informalidade”, disse. Ele também ressaltou que essa seria uma medida para romper a barreira dos sete milhões de visitantes internacionais no País. “O Brasil precisa sair do número de seis milhões de turistas internacionais”, afirmou.

A respeito da modernização da Embratur, Felipe Carreras acredita que a entidade precisa cumprir seu papel em promover o Brasil quanto às questões turísticas. “Hoje, o investimento só vem sendo reduzido. No ano passado, por exemplo, foram investidos 17 milhões de dólares na promoção do País, enquanto a Argentina, nosso vizinho, investiu 60 milhões de dólares, a Colômbia 100 milhões e o México 500 milhões. Precisamos urgente dessa inovação”, disse. Ele afirmou ainda que com a transformação da Embratur em uma agência, o órgão seria menos sensível à dependência dos repasses da União.

Cetur

O presidente do Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur) da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Alexandre Sampaio, também esteve presente no encontro e agradeceu o empenho dos parlamentares e dirigentes de instituições em favor de medidas pró-desenvolvimento do turismo. Já o presidente da Câmara Temática de Turismo e Hospitalidade da Fecomércio e do Sindeventos, Francisco Maia, disse que os empresários de Brasília estão lutando constantemente para evoluir o setor. Ele diz que seria um atrativo se Brasília pudesse contar com as grandes redes de cassinos. “Seria excelente contar com essa atratividade. Certamente, engrandeceria a nossa cidade e poderíamos, cada vez mais, aumentar a renda e o número de empregos”, reforçou.

Após a reunião na Câmara dos Deputados, o fórum se reuniu na sede da Fecomércio, onde foi decidido que cada estado terá um site, confiável, com informações turísticas de cada região, visando a dar informações seguras sobre hotéis, passeios, pontos turísticos e opções de gastronomia. O modelo será o mesmo adotado pela secretaria de turismo de Minas Gerais. O presidente do Fornatur, Felipe Carreras, deu a ideia de fazer uma lançamento nacional dessas plataformas e destacou a importância da tecnologia aliada ao turismo. Segundo ele, 94% dos turistas definem o destino por meio de um celular, pela internet. “É extremamente poderoso a gente aliar plataformas digitais ao turismo. Ter esse site compartilhado entre os estados mostra o poder e a força do Fornatur”, disse. A próxima reunião do fórum será no dia 13 de dezembro, em Pernambuco.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.