fbpx

Fecomércio lança câmara temática para fortalecer setor de Tecnologia da Informação do DF

Com a finalidade de fortalecer o setor de tecnologia da informação de Brasília e torná-lo mais competitivo, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal lançou na manhã desta terça-feira (15), em parceria com o Sindicato das Empresas de Serviços de Informática do Distrito Federal (Sindesei-DF), a Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fecomércio-DF. “O nosso anseio é o de que Brasília encontre um caminho e gere cada vez mais riquezas. O setor de TI é um segmento que envolve muitas empresas e negócios e que, certamente, quando bem estimulado pode nos dar bons resultados”, afirmou o presidente da Fecomércio, Adelmir Santana.

BoletimhjA criação da câmara temática, de cunho empresarial, tem o objetivo de discutir as principais dificuldades enfrentadas pelo setor, procurando encontrar soluções principalmente nas áreas de tributação, crédito, financiamento, comercialização, formação de recursos humanos e estímulos à inovação. O lançamento reuniu na Fecomércio o presidente da Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação do Congresso Nacional, deputado federal Izalci Lucas; a presidente da Frente Parlamentar de Ciência e Tecnologia da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz, o deputado distrital Wasny de Roure, empresários, diretores da Fecomércio e representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O empresário Marco Túlio Chaparro, segundo diretor financeiro do Sindesei, foi eleito presidente da Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fecomércio-DF. Chaparro afirmou que Brasília tem vocação para TI, pois a cidade tem um espaço reduzido, não dispondo de recursos de óleo e gás, minérios ou vastas áreas para agricultura. “Atualmente, o nosso setor tem mais de cinco mil empresas. Hoje, o segmento de TI é responsável pela criação e inovação de vários outros setores. Nosso segmento permeia todos os outros e por isso precisa ter uma transversalidade, com foco na geração de trabalho e riquezas”, disse Marco Túlio.

O presidente da câmara salientou ainda a importância da criação de cursos que supram as lacunas de profissionais da área. Segundo ele, é necessário que se crie um modelo de negócio, onde a academia e o setor produtivo andem juntos. “Nos Estados Unidos já existe isso, um modelo que supre as demandas do mercado, com a intenção de gerar emprego e fomentar o mercado de trabalho. Essa câmara pode ser um ponto de partida para desenvolver trabalho que vão nesse sentido”, concluiu Chaparro.

Poder Legislativo

O deputado federal Izalci Lucas parabenizou a iniciativa da Fecomércio e falou de sua luta pelo fortalecimento do segmento. “Participei de dois governos como secretario de ciência e tecnologia, que foi um dos motivos para eu ir para câmara federal lutar pela educação e pela tecnologia, pois já conhecia os gargalos do setor”, disse. “Na Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados conseguimos aprovar o novo marco legal (Lei 13.243/16) que incentiva as atividades de pesquisa científica e prevê isenção e redução de impostos para importação de insumos nas empresas. Juntamos todos os partidos no sentido de avançar nessa área tão importante da economia do País”, informou Izalci.

Já a deputada distrital Liliane Roriz, afirmou que é necessário rediscutir programas, para que os responsáveis pelo segmento possam trabalhar, cada vez mais, juntos em prol da evolução da área de TI. “É um segmento muito forte. Sem tecnologia não há desenvolvimento, me coloco a disposição da câmara temática para que juntos possamos dar prioridade para a cidade digital, e criar projetos que visem à política de tecnologia social”, explicou Liliane.

O deputado distrital Wasny de Roure, destacou a relevância do setor e de cursos de profissionalização que fomentem a área. “Recentemente eu fiz monções honrosas a dois estudantes do Gama que construíram um aplicativo para que usuários de medicamentos não se esqueçam de tomar os remédios. Na ocasião, a professora dos garotos me disse o quanto isso é importante para eles na trajetória da construção de uma vida profissional. Por isso, temos que nos sensibilizar e incentivar os jovens para essa área tão importante para a economia”, ressaltou Wasny.

O presidente do Sindesei, Charles Dickens, disse que a câmara temática dará um apoio enorme para o segmento “É uma das iniciativas mais importantes para o nosso setor. Assim, esperamos conseguir agregar as vontades e os anseios para fomentar a tecnologia no DF”, disse. A Fecomércio também pretende lançar, em breve, uma Câmara Temática para discutir assuntos ligados ao turismo do DF.

Veja a Diretoria da Câmara Temática de Tecnologia da Informação e Comunicação da Fecomércio-DF:

Presidente: Marco Túlio Chaparro

Vice-presidente: César Alcácio

Vice-presidente de Marketing e Eventos: Christian Tadeu

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.