fbpx

Fecomércio debate nova política de gestão de resíduos sólidos

Para debater a importância da gestão adequada dos resíduos sólidos, a Fecomércio reuniu nesta segunda-feira (28), na sede da Federação, empresários do setor do comércio e representantes dos sindicatos filiados à instituição. Eles discutiram a política voltada para os grandes geradores de resíduos do Distrito Federal. O encontro teve como objetivo esclarecer as dúvidas dos empresários quanto às mudanças impostas pela Lei n°5.610/2016, que define o grande gerador como integralmente responsável pela separação do material reciclável. As novas regras passam a valer a partir do dia 26 de fevereiro de 2017, quando o SLU passará a fiscalizar os estabelecimentos não residenciais.

boletim-05

No país, vários estados já implementaram sistemas de gestão junto aos grandes geradores de resíduos. Para o Distrito Federal, a lei definiu que será considerado grande gerador o estabelecimento de uso não residencial que produza mais de 120 litros por dia de resíduos sólidos indiferenciados. No entanto, a lei não abrange residências e condomínios residenciais. Enquadram-se neste cenário empresas, órgãos públicos, prestadores de serviços, terminais rodoviários e aeroportuários, shopping centers e promotores de eventos.

O vice-presidente financeiro da Fecomércio-DF, Paolo Piacesi, esteve presente na reunião representando o presidente da Fecomércio, Adelmir Santana. De acordo com Paolo, é preciso que as empresas se informem corretamente e consigam se adequar ao sistema. “Eu vejo este cenário com preocupação. É preciso esclarecer o empresário sobre como vai funcionar, quais são as providencias a serem adotadas e como isso vai afetar economicamente as empresas”, explicou Piacesi.

Segundo o diretor adjunto do SLU, Silvano Silvério, é importante que os empresários entendam que este novo modelo de coleta já está implementado em todo o país e faz parte da Política Nacional de Resíduos Sólidos. “Com esta nova gestão, o SLU será desonerado de uma obrigação que não é nossa. Estamos trabalhando muito, junto às secretarias de estado para melhorar todo o planejamento da cidade e queremos que, até o fim do ano, o aterro sanitário de Brasília esteja em operação. Por isso, é importante concentrar esforços no que, de fato, é obrigação legal do SLU”, disse.

A coleta dos resíduos recicláveis secos permanece sem mudanças e sem qualquer custo adicional ao grande gerador, desde que sejam acondicionados e armazenados de maneira adequada e separados do lixo comum. São classificados como recicláveis secos itens como: plástico em geral, metais em geral, embalagens longa vida, isopor, papéis e papelões limpos. A nova legislação sobre o tema inclui o Decreto n°37.568/2016, a Resolução da Adasa n°14, de 15/09/2016, e a Instrução Normativa nº 89/2016. Juntas, elas definem os limites e tipos de resíduos, a forma de coleta, os preços para os serviços e as possíveis consequências do não cumprimento das normas.

Todo este processo deve ser precedido do cadastro dos grandes geradores no sistema de gerenciamento do SLU (www.slu.df.gov.br) e da elaboração de um plano de gestão de resíduos, que deve conter a quantidade e o tipo de resíduo gerado, além da indicação da empresa autorizada que ficará responsável pela coleta e destinação.

Também participaram do encontro o assessore da Fecomércio, Athayde Passos da Hora, o coordenador do projeto de resíduos sólidos na Fecomércio e representante da Federação na CNC no Grupo Técnico de Trabalho – Meio Ambiente, José Eustáquio Carvalho, e Gutemberg Uchoa; a assessora ambiental do Sindicato do Comércio Atacadista (Sindiatacadista), Cristiane Oliveira; a Assessora Especial da CNC – Confederação Nacional do Comércio, Cristiane Soares; a coordenadora da Central de Apoio Sindical (CAS), Michele Marques dos Santos; e representantes da Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), do Serviço de Limpeza Urbana do DF (SLU), e da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa).

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.