fbpx

GDF anuncia corte nas secretarias

Com o intuito de amenizar a crise que atormenta os cofres do GDF o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, anunciou nesta terça-feira (13), no Palácio do Buriti, a redução de 24 para 17 o número de secretarias. No início do mandato de Rollemberg, eram 38 pastas. Na opinião do presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, a diminuição, relacionada a junção das secretarias, é positiva.

“A minha tese é de que as atividades não podem ser suprimidas, mas é necessário diminuir essa estrutura enorme do Estado. Acredito que atividades afins podem se unir perfeitamente”, explica Adelmir. Ele acredita ainda que a união das pastas não significa que as áreas desaparecerão. Segundo ele, a junção pode até agilizar e facilitar os canais de comunicação.

Veja as mudanças

Ficam mantidas, independentes, as secretarias de Mobilidade, Saúde, Gestão Territorial, Cultura, Fazenda, Justiça, Meio Ambiente, Criança, Segurança e Agricultura. Já a Casa Civil e a Secretaria de Relações Institucionais se fundiram e terão como titular Sérgio Sampaio, atual chefe da Casa Civil. Seu adjunto será Igor Tokarski, que atualmente é o administrador regional do Plano Piloto.

A Secretaria de Educação se une a Esporte e Lazer. Julio Gregorio será o secretário, e Leila Barros será adjunta. Trabalho se juntou a Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, a pasta ainda não tem titular. Rollemberg anunciou que será solicitado ao PDT que sugira um nome.

Já a Secretaria de Mobilidade será assumida pelo atual secretário de Relações Institucionais e presidente do PSB local, Marcos Dantas. Carlos Tomé, atual da Semob, vai para a chefia de gabinete do governador. A secretaria de Ciência e Tecnologia será extinta. A área ficará por conta de uma coordenação chefiada por Oskar Klingl, vinculada ao gabinete do governador.

A Secretaria de Planejamento se uniu à de Gestão Administrativa e Desburocratização, tendo como titular a atual do Planejamento, Leany Lemos. Alexandre Lopes, atual Secretário, virou adjunto.

As pastas de Economia e Desenvolvimento Sustentável e Turismo também se uniram. O secretário será o atual de economia, Arthur Bernardes. Jaime Recena, atual do Turismo, ficará como adjunto. Segundo o governador, os novos secretários tomam posse na próxima terça-feira (20).

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.