fbpx

Fecomércio, Agefis e SLU esclarecem dúvidas dos empresários sobre a lei de resíduos sólidos

por acm

_RAP0889_BOLETIMA partir do dia primeiro de agosto as empresas que geram mais de dois mil litros de resíduos sólidos por dia passarão a ser responsáveis pela correta destinação do lixo que produzem, de acordo com a Lei nº 5.610/16, que integra a Política Nacional de Resíduos Sólidos. Para esclarecer as dúvidas dos empresários dos setores de comércio e serviços, a Fecomércio em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana do DF (SLU) e a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), organizaram nesta terça-feira (25), uma reunião para tirar dúvidas dos empreendedores sobre a lei.

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, realizou a abertura do encontro e ressaltou a importância dessa medida para o Distrito Federal. “Essa é uma preocupação muito grande e acredito que esse é um processo evolutivo. Dessa forma, não podemos deixar de elogiar esta lei”, disse. Para ele, nenhum empresário pode desobedecer a regra. “Às vezes alguém pode ficar na expectativa de que a lei não vai pegar, mas não é assim, pois terão multas altas para garantir o cumprimento da legislação”, ressaltou.

A diretora-presidente do SLU, Kátia Campos, esclareceu que até o momento apenas 173 empresas se cadastraram no site (www.slu.df.gov.br). “A fiscalização vai ocorrer primeiro com as empresas cadastradas. Quando o grande gerador não colher de forma correta, o SLU vai realizar a coleta e depois cobrar pelo serviço”, apontou. Ainda de acordo com ela, a coleta e o transporte poderão ser feitos por meios próprios ou por empresas terceirizadas autorizadas pelo SLU. “Atualmente existem duas empresas que podem prestar este serviço”, esclareceu a presidente.

Segundo Campos, os eventos privados de médio e grande portes em área pública também terão de seguir as novas regras. “Os promotores terão de informar a administração regional e elaborar um plano de gerenciamento dos resíduos por eles produzidos”, disse. A presidente informa que o DF é a primeira unidade da Federação a incentivar os empresários a separarem os lixos. Para ela, essa medida irá reduzir a geração de lixos na cidade, pois a medida que o empreendedor paga pelo lixo que gera, acaba produzindo menos resíduos.

O superintendente adjunto da Superintendência da Fiscalização de Resíduos da Agefis, Ednilson Cordeiro, informou que a entidade visitou 2.439 estabelecimentos desde setembro do ano passado. “É importante ressaltar que os empresários precisam se cadastrar no site, e caso não se cadastrem, também estarão passíveis de notificação”, apontou. As multas variam de R$ 500 a R$ 2 mil. Ainda segundo ele, o DF possui 555 empresas que se enquadram como grandes geradores de lixo. “Nunca houve uma lei tão bem trabalhada com os empresários como a lei 5.610 está sendo”, ressaltou Ednilson. Caso a Agefis encontre alguma irregularidade na coleta dos resíduos pela empresa, o auto de infração será lavrado no ato da ação.

Prazos

As empresas que gerarem acima de 2 mil litros por dia terão até o dia 31 de julho de 2017 para se cadastrarem. O prazo para quem gera acima de mil litros diários é até 31 de julho deste ano. No caso da geração de resíduos acima de 120 litros por dia, a data final é 31 de dezembro de 2017.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.