fbpx

Educação contra o populismo

por acm

Presidente da Fecomércio-DF, entidade que administra o Sesc, o Senac e o Instituto Fecomércio no Distrito Federal

Adelmir Santana


A democracia brasileira tem sido fortemente abalada nas últimas décadas pela prática do populismo. Essa forma de governo encontra na miséria terreno fértil para os seus ideais. Quanto mais pobre for uma população, melhor será para os governantes populistas. Isso ocorre por um simples motivo: a pobreza escraviza o indivíduo. Um ser humano miserável é carente dos recursos mais básicos. Essa carência não apenas distancia o homem da razão, como lhe impõe uma condição de vida degradante e o transforma em um cidadão fácil de ser manipulado.

Ciente dessa condição de vida de alguns indivíduos, os políticos populistas jogam com a necessidade dos seus eleitores. Promessas de um mundo melhor são as armas utilizadas para arregimentar seguidores. Oferecem qualquer insumo que seja básico ou fundamental em troca do voto. Se o que falta é moradia, acena-se com um lote. Se o problema é fome, distribui-se pão e leite. E se falta renda? Aí, arruma-se um jeito de dar dinheiro. Mas não se trata de distribuir riqueza e extinguir a pobreza. O populismo substitui o salário pela esmola.

Ao invés de ser escravizado pela miséria, o cidadão se torna escravo do governo, seja ele de direita ou esquerda. O dinheiro é suficiente para que ninguém morra de fome, mas incapaz de romper com o ciclo da pobreza. Até porque não é esse pouco dinheiro que libertará esse homem. É o conhecimento, algo que só pode ser transmitido pelo saber. A esmola distribuída, como o próprio nome diz, é insuficiente para custear gastos com educação. Pois no país do populismo não existe saúde, segurança, transporte ou educação de qualidade. Existe, sim, uma ditadura, cunhada para anular qualquer dignidade pessoal.

Uma pessoa sem educação é incapaz de decidir até sobre a própria vida. Diante disso, os populistas ameaçam e manipulam os seus eleitores de forma que eles tenham medo de perder esses benefícios, o que representaria, na idealização criada, o fim do caminho para essas pessoas. Essas ilusões são capazes de contaminar grande parte da sociedade, principalmente em um território de grandes desigualdades sociais. Justamente por isso, é preciso quebrar com essas correntes e o único caminho possível é a educação. Quanto maior o nível de escolaridade do nosso povo, mais estaremos livres das amarras do populismo e perto do caminho do desenvolvimento.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.