fbpx

Economia informal cresce pelo segundo ano consecutivo

A economia informal subiu pelo segundo ano consecutivo em 2016 em meio ao agravamento da crise econômica e a piora do mercado de trabalho formal, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE), em conjunto com Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO). De acordo com o levantamento, o mercado informal ou a chamada economia subterrânea deverá movimentar neste ano R$ 983 bilhões, o correspondente a 16,3% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro ante um percentual de 16,2% em 2015, no ano passado, o índice cresceu pela 1ª vez depois de 11 anos seguidos de queda. Segundo o estudo, o montante de R$ 983 bilhões supera o PIB das Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.