Contratos do GDF serão revistos e poderão criar economia de até 25%

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), assinou um decreto que dá 90 dias para que todos os contratos do governo passem por um pente-fino. O objetivo é encerrar aqueles que não são vantajosos ou renegociá-los em busca de uma economia de até 25% no valor. A determinação foi dada a todos os secretários e presidentes de estatais ou diretores de autarquias do Distrito Federal. Ao fim de 90 dias, o grupo deverá encaminhar à Secretaria de Fazenda um relatório final indicando quais mudanças conseguiram implementar e o valor economizado para os cofres públicos.

O governador também sancionou o orçamento de 2019, que não tinha sido sancionado pelo ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Entre os vetos, ele barrou a destinação de verba para reforma na sede da Câmara Legislativa ou para a construção de um Museu da Educação e de um espaço cultural em Ceilândia. Outra medida vetada por Ibaneis foi a nomeação de servidores para a Defensoria Pública e a reequiparação dos salários dos defensores públicos e analistas do órgão. A justificativa é de que as despesas não foram previstas seguindo corretamente a legislação.

Entre em contato.