fbpx

Comércio do Rio de Janeiro deve faturar R$ 2,68 bilhões durante as Olimpíadas

As Olimpíadas no Rio de Janeiro devem gerar receitas de R$ 2,68 bilhões ao setor turístico do Estado carioca entre os meses de agosto e setembro. É o que mostra estudo realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Segundo a pesquisa, 909,4 mil turistas devem visitar o Rio de Janeiro, nas Paralimpíadas a expectativa é receber 468,5 mil turistas, com faturamento esperado de R$ 912,4 milhões.

Ainda de acordo com o estudo, o segmento de alimentação deve ser o destaque, respondendo por um terço da receita gerada pelos eventos: A expectativa é que bares, restaurantes e lanchonetes faturem R$ 927,1 milhões. Com o mercado de trabalho em recessão desde agosto de 2015, o setor de turismo do Rio deve demandar 4.080 empregos temporários durante o período dos jogos. As principais oportunidades são para garçons, motoristas e cozinheiros, que, juntos, respondem por 40% da força de trabalho do segmento.

 

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.