fbpx

Comércio do DF espera alta de 11,7% nas vendas para o natal

A expectativa do empresariado de comércio e serviços do Distrito Federal para as vendas do Natal de 2016 é positiva em comparação com o mesmo período do ano passado, quando teve a menor expectativa da série histórica. É o que aponta a pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio. Segundo o levantamento, 53,1% dos comerciantes apostam que em dezembro deste ano as vendas serão maiores do que em 2015, enquanto 32,4% esperam vendas iguais e apenas 14,5% acreditam em vendas menores. De acordo com a estimativa de vendas para o Natal de 2016, o índice aponta para alta de 11,70% em relação ao ano anterior, quando foi medido em -7,28%.

natal

Para realizar esse estudo o Instituto Fecomércio pesquisou 15 segmentos entre lojas de ruas e de shoppings, totalizando 401 empresas consultadas. Todos os segmentos demonstraram previsão de crescimento em relação às vendas do ano passado: Calçados e Acessórios (24,05%); Loja de Departamento (22,67%); Perfumaria (19,07%); Vestuário (13,12%); Artigos para presente/armarinho/souvenir (10,93%); Cama, mesa e banho (12,64%); Material Esportivo (10,87%); Relojoaria/Joalheria/Semijoia (10,50%); Eletroeletrônico (9,87%); Agência de Viagem (8,64%); Bares/restaurantes (7,92); Chocolataria (7,46%); Ótica (6,21%); Lojas de brinquedos (3,72%); Livraria/Papelaria (2,71%).

O presidente da Fecomércio, Adelmir Santana, explica que o lojista está mais confiante este ano, porque o cliente também está otimista para o consumo, uma vez que 66,9% declararam que pretendem comprar algum presente, de acordo com a pesquisa do Instinto Fecomércio. “Natal é a principal data comemorativa de vendas para o comércio e mesmo com a crise o brasiliense não deixa de presentear familiares e amigos. Além do mais, a injeção do décimo terceiro na economia é benéfica para os empresários, que sempre conseguem atrair os consumidores com promoções, descontos e parcelamentos”, afirma Adelmir. O preço médio do presente vai variar de acordo com o segmento, mas a média ficará em R$ 158,50, conforme a pesquisa.

Consumidor

A maioria dos consumidores brasilienses está disposta a comprar presentes para comemorar o Natal. O levantamento do Instituto Fecomércio ouviu 408 pessoas entre 18 e 60 anos. De acordo com o estudo, 66,9% dos entrevistados têm a intenção de comprar produtos para o Natal, 21,3% não tem intenção, e 11,8% ainda não sabem. Entre os motivos declarados pelos clientes que não pretendem realizar compras no Natal, 63,2% apontaram a “dificuldade financeira” como o principal obstáculo.

A maioria dos consumidores que irão às compras pretende gastar com: vestuário/acessórios (57,5%), seguida por calçados (42,9%); brinquedos (33,3%); eletroeletrônico (15,8%); Joias/Semijoia/bijuterias (11%); cosméticos/perfumes (10,6%); chocolates (8,1%). A maioria dos entrevistados (63,7%) pretende comemorar o Natal. Quanto ao local escolhido para comemoração, a própria residência foi a opção mais votada (46,9%); seguida pela casa de parentes (26,2%); casa dos pais (24,4%); casa de amigos (10,8%); e viagem (2,7%). O gasto médio estimado com presentes e/ou confraternizações pretendidos pelos consumidores, que declararam intenção de compras, foi de R$ 682,68 (R$ 341,30 para presente/ R$ 341,38 para comemorações). A maioria pretende pagar com dinheiro (58,5%); seguido por cartão de crédito (25,4%) e cartão de débito (15%). As promoções e a qualidade do produto são os atrativos de maior poder sobre os consumidores.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.