fbpx

Câmara de Economia Criativa da Fecomércio e Sindeventos entregam protocolo ao governo para retomada segura do segmento no DF

A Câmara de Economia Criativa da Fecomércio e o Sindicato de eventos do Distrito Federal (Sindeventos) apresentaram, durante reunião realizada por videoconferência, nesta terça-feira (30), um protocolo de segurança para a Secretaria de Turismo e para a Casa Civil do DF. O documento visa a auxiliar o executivo local a criar um decreto para o retorno seguro dos eventos comerciais, de entretenimento e sociais da cidade. As sugestões apresentadas contam com diversas normas, que entre elas estabelecem: distanciamento entre os participantes; atendimento diferenciado ao grupo de risco; regras específicas para o preparo e distribuição de alimentos, além de limpeza constante dos espaços comuns.

Na oportunidade, a Secretaria de Turismo também apresentou um estudo. Segundo a secretária da pasta, Vanessa Mendonça, os documentos serão incorporados para que o segmento possa retomar por forma de decreto do governador. “O tempo todo estamos pesquisando e monitorando todos os estados do País para saber o que está sendo lançado. Os dois documentos apresentados, pelo Executivo e pelo setor privado, são bem elaborados e bem detalhados, o que cria boas condições de funcionamento”, enfatizou. “Brasília se destaca nessa união entre os empresários e o governo para garantir uma segurança ao empreendedor e para a sociedade”, informou Vanessa.

O segmento de eventos, que envolve toda uma cadeia relativa à economia criativa, foi um dos primeiros a sentir os efeitos da crise, logo no começo da pandemia, no mês de março. Desde então, a Fecomércio, por meio da câmara e do Sindeventos, vem trabalhando em um documento e dialogando com o GDF para amenizar os prejuízos da área, que contabiliza desemprego e falência de empresas. O protocolo fala ainda da disponibilização de pias com sabão nos locais de eventos, lotação máxima reduzida e demarcação de espaços no chão.

O presidente da câmara de economia criativa e sócio da Capital Week Entretenimento, empresa que realiza o Capital Moto Week, Pedro Affonso Franco, agradeceu a disponibilidade do governo e parabenizou o trabalho realizado pelo setor produtivo. “Existe uma vontade de trabalhar, mas com toda a segurança possível. Pensamos sempre no equilíbrio entre a segurança e a viabilidade de realização, dada a característica especifica de cada evento, o que torna o trabalho exequível”, disse Pedro. O presidente do Sindeventos, Luís Otávio Rocha Neves, destacou que há um entendimento para atender todas as exigências das autoridades sanitárias e de saúde. “Essa preocupação possibilita o empresário, que está há três meses sem operar, a conseguir retomar o seu negócio com segurança jurídica”, disse.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.