fbpx

Banco Mundial estima que quase 10% da população vive na extrema pobreza

O Banco Mundial anunciou que o número de pessoas vivendo na pobreza extrema deve cair para menos de 10% da população mundial pela primeira vez em 2015. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (5), depois que o Banco Mundial revisou o padrão que usa para mensurar o problema. Durante muito tempo a pobreza extrema foi definida como a subsistência com US$ 1,25 por dia ou menos, mas o ajuste do Banco Mundial agora situa a linha da pobreza em US$ 1,90 por dia. O banco disse que a mudança reflete novos dados sobre as diferenças no custo de vida de vários países, mas preservando o poder de compra real da medida anterior. Usando a nova referência, o Banco Mundial projeta que 702 milhões de pessoas, ou 9,6% da população global, estará vivendo na pobreza extrema em 2015, um recuo em relação às 902 milhões de pessoas, ou 12,8% da população, de 2012.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.