fbpx

Aos críticos de Brasília

por acm

Adelmir Santana

Presidente da Fecomércio-DF, entidade que administra o Sesc, o Senac e o Instituto Fecomércio no Distrito Federal.

As investidas de alguns políticos e jornalistas contra Brasília não são novas. Pelo contrário, de tempos em tempos esses ataques encontram espaço na mídia, geralmente em jornais do Rio de Janeiro e de São Paulo, mais frequentemente no dia do aniversário da capital. É sempre aquela velha história: em uma tentativa de fortalecer seus estados, esses articulistas fazem todos os tipos de generalizações para denegrir a imagem de Brasília. A mais comum delas é querer culpar a cidade pelo mau uso do dinheiro público e pela baixa qualidade da classe política residente no DF. Como se fosse possível responsabilizar um lago, uma rua ou um monumento pela corrupção.

Os críticos esquecem ou, propositalmente, ignoram a vida no DF além da política. Como se tudo se resumisse ao Congresso. É mais fácil transferir a culpa para um símbolo do que reconhecer a própria falta de consciência do brasileiro na hora de votar. Criada uma falsa imagem, o passo seguinte é questionar a própria existência e manutenção da cidade. Nesse caso, apelam para uma conta bem questionável. Dizem que Brasília é sustentada por um fundo constitucional. Mas na verdade, o que a União repassa não é nem 20% do que ela arrecada no DF. Além disso, a capital tem o dever de atender bem todos os brasileiros, de qualquer lugar.

É triste constatar que após 54 anos de história esse tipo de pensamento equivocado sobre Brasília ainda seja reproduzido. Como pioneiro e brasiliense por adoção, me sinto no dever de combater os ataques. A capital federal possui problemas, como outras metrópoles, mas teve papel decisivo na interiorização e desenvolvimento do País. Foi construída como ponto de integração entre Norte e Sul. É hoje um grande polo de serviços, a terceira maior economia do Brasil e acolhe de braços abertos cidadãos de todos os estados. A fama negativa não passa de uma crítica fabricada. Juscelino Kubitschek sempre combateu esses opositores. Agora é a nossa vez de defender Brasília.

Publicado originalmente no Jornal de Brasília 28/04/2014.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.