fbpx

Agressão ao patrimônio

por acm

Adelmir Santana
Presidente do Sistema Fecomércio-DF (Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio).


Da Praça do Cruzeiro, no Eixo Monumental, é possível avistar um dos mais belos cartões postais de Brasília. De um lado está o Memorial JK, erguido em homenagem ao fundador da cidade, e de outro está a Catedral Rainha da Paz. Contemplar o amanhecer ou entardecer nesse ponto é um programa muito especial. O horizonte aberto, o céu e os monumentos da capital federal formam um verdadeiro espetáculo. Esse é um patrimônio que pertence aos brasilienses e aos visitantes, a ninguém mais.

Estou certo de que o ex-presidente João Goulart merece um memorial em alusão à sua história e luta pela democracia. Assim como também é devida uma homenagem aos pracinhas. Mas o Eixo Monumental não é o local apropriado para a construção dessas obras, ainda mais em frente à Praça do Cruzeiro. Esse é um espaço que precisa ser preservado e permanecer como área verde. Não se trata de beneficiar um ou outro grupo, mas sim, de preservar uma área fundamental do projeto urbanístico de Brasília.

É importante dizer que de acordo com Silvestre Gorgulho, ex-secretário de Cultura do DF e um dos guardiões da história da capital federal, nem o próprio Oscar Niemeyer era favorável a essa construção. Segundo os relatos de Niemeyer, Brasília só deveria ter o memorial de seu fundador, nenhum outro. Muitas pessoas têm relembrado, inclusive, o fato de que Jango não gostava de Brasília e que o monumento em homenagem a ele deveria ser erguido em outro lugar.

Acho que essa não é a questão. O fato é que o local inicialmente destinado ao memorial era outro. Em 2006, a Terracap destinou para essa obra um espaço abaixo da Praça dos Três Poderes, ao lado do Mastro da Bandeira. Mas o governo passado, de forma equivocada, mudou essa destinação e passou o terreno próximo à Praça do Cruzeiro para o Instituto João Goulart. E antes mesmo de iniciar qualquer construção, os tapumes de metais colocados para cercar a área já enfeiam a nossa cidade.

É importante que a opinião pública se mobilize em defesa da preservação do Eixo Monumental e de Brasília. Levando em consideração a maioria das enquetes realizadas sobre o assunto até agora, mais de 80% da população se posicionou contra a obra. Essa é a voz que precisa ser ouvida e respeitada.

Publicado no Jornal Alô Brasília, segunda-feira, dia 06 de Abril de 2015.

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.