Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/u372193778/domains/fecomerciodf.com.br/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2854

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/u372193778/domains/fecomerciodf.com.br/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/operations.class.php on line 2858

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/u372193778/domains/fecomerciodf.com.br/public_html/wp-content/plugins/revslider/includes/output.class.php on line 3708

Warning: "continue" targeting switch is equivalent to "break". Did you mean to use "continue 2"? in /home/u372193778/domains/fecomerciodf.com.br/public_html/wp-content/themes/fecomercio_df/framework/includes/minify/src/Minifier.php on line 227
Camelódromos – Fecomércio DF

Camelódromos

por acm

Em tempos de crise, com lojas fechando, servidores em greve e o desemprego atingindo 290 mil pessoas no Distrito Federal, um shopping da cidade resolveu investir R$ 50 milhões em melhorias. A ação, muito corajosa, foi bem vista pela comunidade, pois gera emprego, renda e qualidade de vida. Mas, surpreendentemente, o empreendimento não encontrou respaldo no governo de Brasília. A única reivindicação foi que a lei fosse cumprida. Que o Estado respeitasse os lojistas e coibisse a pirataria que se instalou na calçada em frente ao centro comercial. Mas, sequer isso foi levado em consideração.

Depois de muitas tentativas de firmar um acordo, constatando que a situação não foi resolvida, a Federação do Comércio foi acionada. E nós, como representantes do setor, não podemos ficar omissos. Por isso, quem faz o apelo público agora somos nós. Cientes do compromisso com a cidade que o estimado governador Rodrigo Rollemberg possui e de sua sensibilidade para temas como esse, pedimos que nos ajude a solucionar definitivamente o problema da presença de camelôs na frente dos centros comerciais da cidade. Isso não pode continuar prejudicando o desenvolvimento econômico.

Não somos contra o trabalho dos ambulantes ou feirantes, tanto que ambas as categorias possuem representação na Fecomércio. Mas somos contrários, sim, a pirataria. Todos os lojistas de Brasília se sentem hoje, com razão, prejudicados com essa concorrência predatória. Isso precisa acabar. A informalidade corrói o emprego. O Estado pode até ampliar a sua arrecadação se buscar a formalização dessas pessoas e se fizer com que elas trabalhem em espaços apropriados. O que não podemos aceitar é que dezenas de camelódromos se instalem na frente dos shoppings da cidade e ameacem milhões em investimentos. Se já está difícil atrair empresas para Brasília com propaganda positiva, imagina dizendo que aqui impera uma “terra de ninguém”? Essa é a mensagem que o governo deseja passar? Esperamos que não.

Adelmir Santana
Presidente do Sistema Fecomércio-DF (Fecomércio, Sesc, Senace instituto Fecomércio)

Olá! O nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site. Por favor, consulte nossa página de política de cookies e  para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'.

Configurações de cookies

A seguir, você pode escolher os tipos de cookies que permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalyticalNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de usabilidade.

Social mediaNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

AdvertisingNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OtherNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.