Adelmir Santana, presidente do Sistema Fecomércio-DF (Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio)

Quando existe um encontro de ideias que se complementam, a concretização de um projeto se torna mais fácil e possível. Metas são traçadas, objetivos são alcançados e desafios vão sendo superados. A parceria entre o Sesc-DF e a Globo é um exemplo dessa união de forças que se expressa por meio da ação comunitária DF Cidadão. O trabalho se traduz em melhorias para as comunidades visitadas e em desenvolvimento social para os seus habitantes.

Agora em 2018, completamos sete anos desde que assinamos a primeira missão de levar serviços e informação à população do Distrito Federal. Posso dizer com convicção que os atendimentos prestados fizeram bastante diferença. Como presidente do Sesc-DF, faço questão de incluir nos meus compromissos as visitas às cidades que recebem a ação comunitária. Vejo os sorrisos das pessoas que são atendidas pelos serviços e percebo também a alegria das crianças que se divertem nas atividades de recreação. Pessoalmente, saio de cada DF Cidadão com uma certeza: de que em cada um desses trabalhos deixamos um legado de assistência social.

O Sesc já realiza ações comunitárias no Brasil há 72 anos. Por isso, não tenho dúvidas de que esse papel é fundamental. Aqui no DF, o Sesc e a Globo atenderam nos últimos tempos 130 mil pessoas em 20 Regiões Administrativas. Números que vão crescer com a programação de 2018. Brazlândia, Santa Maria e São Sebastião foram as cidades escolhidas para receber a edição deste ano. Assim, não poderia deixar de reforçar essa união em prol de resultados positivos. É um encontro que dá certo e atende, efetivamente, quem mais precisa.

Por