A Revista Fecomércio-DF agora faz parte da Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner). Trata-se da primeira publicação do Sistema S a filiar-se à entidade. O termo de filiação foi assinado na tarde desta terça-feira (8), pelo presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, e pelo presidente da Aner, Fábio Gallo, em um almoço em Brasília. Com periodicidade mensal e tiragem de 60 mil exemplares, a Revista Fecomércio é a principal publicação institucional do DF, com 21 anos de história, sem nunca ter deixado de circular uma edição sequer.

2018-05-08- Adelmir e Fabio Gallo - Aneer-23

“Estamos contentes com a filiação, pois a revista apresenta um conteúdo muito relevante para a cidade. Essa parceria veio para agregar ainda mais a Aner”, disse o presidente da entidade, Fábio Gallo. Ele ressaltou que a tiragem da Revista Fecomércio equivale a de muitas publicações de circulação nacional. Já o presidente da Fecomércio destacou a credibilidade da revista e a linha editorial focada no leitor, o empresário do comércio. “Nós nunca fazemos capas personalistas, por exemplo, pois não usamos a revista para politicagem ou promoção individual. Por isso, fico agradecido e feliz de estarmos nos filiando a uma instituição séria como a Aner”, apontou Adelmir Santana.

Também estiveram presentes no encontro os jornalistas Marcelo Rech, presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ), e Ricardo Pedreira, diretor executivo da ANJ; o presidente do jornal Alô Brasília e presidente do Sinfoc, Hélio Queiroz; o diretor de redação da Revista Fecomércio-DF e coordenador de comunicação do Sistema Fecomércio-DF, Diego Recena; a jornalista Basília Rodrigues, da CBN; a jornalista Kátia Cubel, da agência Engenho Criatividade e Comunicação; o superintendente da Fecomércio-DF, João Vicente Feijão Neto; e a diretora executiva da Aner, Maria Célia Furtado, entre outros convidados.

Missão

A Aner tem como missão contribuir para a difusão do hábito de leitura; promover a vitalidade editorial, cultural e econômica do meio revista, atuando junto aos segmentos institucionais e corporativos; defender a liberdade de escrever e publicar de revistas impressas ou em mídia eletrônica, de acordo com a Constituição Brasileira; promover a união e a representação dos editores de revistas advogando em sua defesa e também na defesa da indústria que lhes dá suporte; ser a força de conhecimento, informação e experiência junto a seus associados e a comunidade em geral e defender e promover a defesa da liberdade comercial incrementando a venda de publicidade.