Por Adelmir Santana, Presidente do Sistema Fecomércio-DF (Fecomércio, Sesc, Senac e Instituto Fecomércio)

O Senac completou 50 anos de atuação no Distrito Federal em 2017 e desde o seu surgimento vem contribuindo para a capacitação profissional dentro dos setores de comércio, serviços e turismo. Lembro que quando assumi essa gestão nós promovemos mudanças para tornar a instituição mais moderna e com foco na inovação. Foi um trabalho árduo e competente desempenhado pelo diretor regional Luiz Otávio da Justa Neves e pelo corpo técnico. Já com um milhão de matrículas desde a sua criação, o Senac-DF capacitou somente este ano mais de 13 mil pessoas. Foram ofertados cursos profissionalizantes nas modalidades de formação inicial e continuada e educação profissional técnica de nível médio e superior.

Dentre muitos projetos realizados, podemos destacar as parcerias com os shoppings, onde a intensão foi ficar ainda mais próximo do público brasiliense. Levamos o Senac para o Gama Shopping, para o Alameda Shopping e para Pátio Brasil. Em parceria com o Pátio, por exemplo, realizamos o Prêmio Excelência Senac, com diversas atrações gratuitas como oficinas, palestras, aulas de gastronomia, testes vocacionais, apresentação de projetos e competições com provas que exigiram habilidades sobre o mercado de trabalho.

O Senac promoveu ainda grandes aportes financeiros em prol da educação técnica. Modernizamos todo nosso parque tecnológico para ampliar a oferta de cursos. O investimento foi de R$ 9 milhões para compra de 888 equipamentos e a criação do Centro de Referência em Tecnologia da Informação. Ainda na área de tecnologia, lançamos a fábrica de software da Faculdade Senac para que os alunos tenham experiência prática em relação ao desenvolvimento e comercialização de sistemas. Nossa missão, desde sempre, foi ser a instituição brasileira com as melhores soluções em educação profissional. Encerramos 2017 com grandes marcas e planejamos para 2018 um ano ainda mais produtivo em defesa da capacitação e empregabilidade nos setores de comércio, serviços e turismo.